Utilizamos cookies para a disponibilização e funcionalidade deste site. Se os cookies puderem servir também para outros fins, clique aqui. Informações sobre como desactivar cookies e protecção de dados
TRUMPF Jubiläum

Ainda não chegamos ao centenário, mas temos motivos de sobra para comemorar: 95 anos de TRUMPF

Proximidade com o cliente e garantia de inovação: esses valores comporativos bem sedimentados hoje são fios condutores que passaram pelos 95 anos de história da TRUMPF. Seja como oficina mecânica na década de 1920 ou como empresa de alta tecnologia global com receitas bilionárias – Christian Trumpf e a família Leibinger compartilham uma fórmula de sucesso: é preciso seguir firmemente com suas próprias ideias e surpreender com elas no local certo, na hora certa.

Encarar os desafios como oportunidades

portrait of Dr. phil. Nicola Leibinger-Kammüller member of the managing board of TRUMPF

"Criar, desenvolver, implementar o impossível – é isso que a TRUMPF faz há quase 100 anos. E uma coisa está clara: sem os funcionários certos, isso é impossível. Pessoas que gostam de mudanças, persistem e não desistem. Encarar os desafios como oportunidades e estar preparado para o novo: esse também poderia ser o título dos 95 anos da TRUMPF. Alguns marcos que ilustram como estamos nos saindo bem desde 1923 – na minha opinião – foram resumidos neste web special para você. Divirta-se ao explorar!"

Nicola Leibinger-Kammüller, CEO Grupo TRUMPF

5 para 100: isso não significa somente os 5 anos restantes até o centenário

Mas também 5 módulos de quase 100 anos de história e sucesso: produtos, funcionários, feiras especializadas, mobilidade e internacionalização. Para continuar surpreendendo o público com inovações próprias, Christian Trumpf e Berthold Leibinger apostam desde o início nas feiras especializadas internacionais. Além disso, um serviço de atendimento ao cliente móvel e externo, bem como filiais nos principais mercados internacionais, são um fator chave para o sucesso.

Produtos: de "Rei dos cortadores" até pioneiro do laser

Os eixos flexíveis foram o ponto de partida

O primeiro produto foram os eixos flexíveis. Eles agora são produzidos principalmente para artigos odontológicos e indústria de impressão gráfica. Com o desenvolvimento do acionamento motorizado, eles também são fabricados para fins industriais, como para o processamento de metal e madeira.

"Rei dos cortadores"

O sucesso da TRUMPF nos anos do milagre econômico está ligado ao espírito inventor do jovem Berthold Leibinger, que com sua máquina de corte de chapa lançou uma máquina inovadora e rentável para o processamento de chapas. Por isso, a TRUMPF era chamada cada vez mais de "Rei do cortador".

Lançamento com ferramentas elétricas

Em 1963, Berthold Leibinger inovou mais uma vez no campo das ferramentas elétricas: ele desenvolveu uma chanfradeira TKF nova e prática, com a qual o funcionário poderia criar chanfros em uma inversão completa do processo até então usado por meio do processamento em etapas de uma chapa. O grande sucesso possibilitou outros investimentos.

As inspirações dos EUA se integram ao desenvolvimento de produto

Depois que Berthold Leibinger entrou em contato nos EUA com as máquinas-ferramenta controladas numericamente, ele decidiu, em meados da década de 1960, desenvolver uma máquina de puncionamento controlada numericamente. O esforço deu resultados: a TRUMATIC 20 foi a sensação da exposição de máquinas-ferramenta na Europa, em Paris, em 1968.

O início da revolução laser: questionar o que estava comprovado

Apesar do sucesso prolongado da máquina de corte de chapa, Leibinger questionou o que havia sido feito até o momento e, durante uma viagem aos EUA em 1978, pesquisou pessoalmente se o laser de CO2 muito discutido na época poderia ser usado para cortes de chapa. Um ano depois, ele apresentou a primeira máquina de puncionamento e laser combinada com fontes de raio dos EUA.

A TRUMPF e seu laser revolucionaram o processamento de chapas

A partir de 1985, a TRUMPF surpreendeu o setor com o primeiro laser de CO2 desenvolvido e produzido internamente, o TRUMPF LASER TLF 1000. Quatro anos mais tarde, foi lançado o primeiro laser "dobrado" da TRUMPF no mercado. Até hoje ele é o laser com multikilowatt mais vendido do mundo.

Os impactos em inovação continuam

Em 1987, a TRUMPF lançou uma outra novidade na área laser: o TRUMATIC L 3000 é um equipamento de corte a laser de leito plano com óptica flutuante. O principal: não é a peça que se movimenta, mas sim o cabeçote de processamento, que "flutua" sobre a chapa.

- / -

desde 1923

Ano de fundação

Christian Trumpf adquire a oficina mecânica da Julius Geiger GmbH em Stuttgart, conhecida pelos eixos flexíveis.

15.000

Máquinas de corte de chapa

Este produto se torna um verdadeiro hit de vendas da TRUMPF nas décadas de 1950 e 1960 e prepara o caminho para outros investimentos.

5.000

Patentes individuais

Atualmente, a TRUMPF tem cerca de 5000 patentes individuais. O próprio Berthold Leibinger adquiriu gradualmente ações da empresa, entre outras formas, usando os lucros de suas próprias patentes.

Funcionários: ofício e espírito inventor como garantias de sucesso

95 anos de história de sucesso em 4 minutos

Feiras especializadas: novos produtos com efeito "UAU"

Mobilidade: sobre 4 rodas sempre próximo do cliente

"Nós vamos até você": demonstrações de produtos diretamente no cliente

Com o "Centro de demonstrações móvel", o departamento comercial da TRUMPF já viajava por toda a Alemanha na década de 1960 e permitia que os clientes pudessem testar os novos cortadores no local, diretamente do veículo.

Com ferramentas elétricas na mala pelo país do sol nascente

Em um Toyopet Crown, as ferramentas elétricas da TRUMPF viajam no fim dos anos 60 por Tóquio. Christian Trumpf aposta em parceiros de comércio e distribuição no local que levarão os produtos aos clientes no idioma nacional.

Até a torre Eiffel e além

Graças ao veículo de demonstração de fabricação especial da representação comercial de Paris TECHNOM, os processadores de chapa franceses começaram a se beneficiar a partir de 1960 com as apresentações pessoais das mais recentes ferramentas elétricas e máquinas de corte de chapas.

Atendimento ao cliente rápido como acelerador do sucesso

Não só a confiabilidade das máquinas TRUMPF, mas também a disponibilidade do serviço de assistência técnica aceleram o sucesso da empresa na Europa nos anos 70. Na Espanha, os clientes também apreciam a assistência individual da TRUMPF.

Turnê de produto móvel em XXL

Em 2011, o caminhão do laser fez um tour como "centro de demonstração sob rodas" durante quatro semanas pela Alemanha e com o lema "The Power of Choice" aproximou os clientes do grande portfólio TRUMPF de componentes laser.

- / -

"Muito se discute, mas isso não é suficiente. A conversa precisa se transformar em ações – é com base nisso que somos medidos."

Dr. Nicola Leibinger-Kammüller
CEO Grupo TRUMPF

"Lembre-se: é melhor estar 80% a tempo do que 100% atrasado."

Prof. Berthold Leibinger
Sócio da TRUMPF
Historical portrait of the company founder of TRUMPF Christian Trumpf

"O que vocês colocam de energia por cima, pode sair por baixo."

Christian Trumpf
Fundador da empresa
- / -

Internacionalização: da oficina mecânica até Smart Factory

No início a oficina mecânica

Em 1923, Christian Trumpf adquiriu a oficina mecânica da Julius Geiger GmbH em Stuttgart, que dez anos depois já era muito pequena para a produção industrial de eixos flexíveis. Em 1933 houve então a mudança para uma unidade de produção maior em Weilimdorf.

A marca do primeiro milhão foi conquistada em Weilimdorf

Nos anos do milagre econômico em 1950, a TRUMPF produzia uma receita anual de 11 milhões de marcos alemães e empregava cerca de 300 funcionários. Berthold Leibinger, nascido na cidade vizinha e afilhado de Christian Trumpf, começou a fazer sua formação na unidade de Weilimdorf.

Sucesso internacional exige uma segunda fábrica

Em meados dos anos 50, os cortadores também são comercializados internacionalmente. Para aumentar a capacidade de produção, a TRUMPF inaugurou em 1955 sua segunda unidade em Hettingen nos Alpes Suábios.

Salto sobre o grande lago

A primeira unidade de produção internacional da TRUMPF não foi na Europa, e sim em Farmington (Connecticut), local em que a sociedade distribuidora TRUMPF America Inc. foi fundada em 1969. O objetivo: estabelecer a TRUMPF nos Estados Unidos, já que o mercado mundial de máquinas-ferramenta era dominado na época por firmas norte-americanas.

A Suíça atrai

Em 1963, a TRUMPF inaugura em Zug, na Suíça, sua primeira empresa estrangeira. A partir dos anos 80, Leibinger transfere aos poucos o desenvolvimento, a fabricação e a distribuição de todas as ferramentas elétricas para a TRUMPF Grüsch AG no cantão de Graubünden. Os custos médios de trabalho e a alta produtividade fazem de Grüsch uma unidade de fabricação atraente desde 1985 para a produção de máquinas-ferramenta.

Ditzingen se torna o novo ponto central

Em 1972, a TRUMPF muda sua sede de Weilimdorf para a cidade vizinha de Ditzingen e lá se beneficia com melhores condições de transporte e produção.

Arquitetura premiada

Ainda hoje, a administração central está no mesmo prédio, que passou por uma reforma completa em 2013. O escritório de arquitetura Barkow Leibinger criou um ambiente de trabalho atraente com obras premiadas como o refeitório "Blautopf" ou os portões principais cortados a laser.

- / -

Contato

TPT-Máquinas Ferramentas e Laser, Unipessoal, Lda. - A TRUMPF Company
E-mail
Assistência e contato

Close

Country and language selection

Please note

You have selected Portugal . Based on your configuration, United States might be more appropriate. Do you want to keep or change the selection?

Portugal
United States

Or select a country or region.